Lirycs of

Milton Nascimento – A Lagrima e o Rio

Print Friendly, PDF & Email

Quando amanheceu toquei meu braIo, no que?
E me desentendi
Porque so eu, ali?
Gritam vizinhos
Igua no chIo, eu vi,
Que historia e essa, cade voce?

Fui correndo I porta,
O rio estava ali
Um barranco sumiu
Sai gritando
Eu, minhas lagrimas e o rio
Os tres num so
E as horas corriam
Que nem sei

Ñ rio,
Me leva contigo e o meu coraIIo
Eramos dois e nIo quero ser um
E desordenadamente, o barranco, as lagrimas
Lutei contra a forIa, perdi

Foi que o tempo arrastado em corredeira
Carregou meu amor, meu corpo tambem foi
Voltou enfim, nas aguas da fonte mais pura
Das lagrimas que chorei por nos
As lagrimas, derramei demais
Que um rio amanheceu de nos
E um rio amanheceu
Um rio amanheceu por nos

 

Video Karaoke

 

(Letra vista 22 veces, 1 veces hoy)